Estamos a chegar ao fim do ano e na próxima aula vamos falar de quadras. Assim, fica muito bem apresentar este poema, até pela graça e beleza algarvia que brevemente muitos vão saborear. Para já, saboreiem este poema. AH

Algarve és encantador!
Tens um lindo mar azul.
Amendoeiras em flor
E a costa quente do Sul

O Guadiana é teu vizinho,
Tens de lés a lés amigos.
És um modesto cantinho
Longe da fome e perigos.

Algarve és terra dos mouros,
Algarve, rincão ideal
Algarve, tu tens tesouros.
Algarve de Portugal!

Algarve, de praias belas,
Lindas festas de verão.
Os turistas gostam delas,
Enchem-nas até mais não.

Os teus ranchos, corridinhos,
Distrações engraçadinhas,
Andam moças aos pulinhos,
A bater com as maminhas.

Lurdes Martins

2 comments on “ALGARVE EM POEMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.