Estamos no Natal… Mesmo que se diga que pode haver natal todo o ano, esta quadra é especial, está envolvida num sentimento mais profundo, a obrigar-nos a uma reflexão sobre a vida, sobre a razão que leva toda a gente a movimentar-se, a preparar a festa, a adornar as casas com a árvore, o presépio,… Read More


Para a última aula deste período, o professor trouxe um conto de Natal de José Saramago, nos vinte anos do seu prémio Nobel. Na introdução, o autor começa por dizer que é preciso ter muito cuidado com as crianças. A criança não nasce só uma vez. Está sempre a nascer. No primeiro episódio do conto, a criança… Read More


            Jesus Testemunho do Natal Quero deixar aos vindouros Olho teu rostinho oval E os cabelitos louros No presépio costumeiro Que faço com mui carinho O burrinho corriqueiro Aquece bem teu corpinho Nossa Senhora sorri Neste presépio que é meu E S. José plo que vi Adora o menino seu… Read More


Ah, como eu queria de novo O espírito desses alegres natais, Reunir todos os entes queridos Aqueles que já se foram embora E que não verei jamais Vê-los reunidos à volta da mesa natalícia, Com olhos extasiados perante tanta delícia. Ah, como sinto saudade desses natais Cheios de tradições e rituais. As grandes achas na… Read More


A boneca desejada No fundo do vale encaixado, corria o rio turbulento e gelado. O Tempo estava frio, a neve cobria o cume de cada monte e as encostas mais sombrias. O comboio, que levava e trazia sonhos e saudades de quem longe vivia, passava em lenta marcha, no seu caminho-de-ferro, suspenso sobre as escarpas,… Read More


Recordo com nostalgia o Natal da minha infância e adolescência, embora o Ano Novo e os Reis fossem mais alegres. A tradição era a minha avó lavar os vestidos brancos dos dois meninos-Jesus  e juntar umas searinhas, de trigo e de lentilhas. Em vinte e quatro de Dezembro, à meia noite, íamos à missa do… Read More


Lembro-me dos natais passados na minha terra – BERINGEL, no ALENTEJO. Eu e o meu irmão ajudávamos os meus pais nos preparativos para essa noite. Durante o dia ajudava o pai a matar o galo ou peru, arranjava a lenha para a lareira e dava apoio à mãe na preparação das filhoses e outros fritos.… Read More


Joaquim Manuel era um homem reservado, mas afável. Tinha vivido em terras africanas por largos anos, onde amealhou pequena fortuna e também algumas doenças tropicais que lhe minaram a saúde e o obrigaram a regressar à sua terra natal. Nunca se casou, mas adorava crianças. Foi durante a 2ª guerra mundial, quando havia escassez de tudo, principalmente… Read More


No início de Outubro até parece que o tempo desliza, flui mais rapidamente. Terminado Outubro, é ver o Novembro caminhar e ouvir as pessoas a dizerem: – Já cheira a Natal. Algumas ignoram até que há aqui uma bonita sinestesia. E eu, como aguardo eu o Natal?! Depois de passados tantos natais, já não o… Read More


Singelo, sem esplendor, Mas vivido com fervor, Era o Natal do Menino, Que nascia numa cabana, Em nome da paz e do amor. No presépio bem montado, Feito com imagens de barro, Palha e musgo do monte E alguns pedaços de cana, Havia também o burrinho, Que levou Nossa Senhora, Até à pastoril cabana, Onde… Read More