Carta aos ex-alunos

Caros amigos/amigas

Possivelmente vão estranhar esta mensagem. Mas eu acho que todos merecem uma palavra do seu antigo professor, que as presentes circunstâncias pandémicas obrigaram a um isolamento já bem prolongado. O mês de março já vai longe…
Sinto-me obrigado a dar-vos algumas informações, para todos estarem a par do que se passa:
1 – Todos devem saber que a “Oficina de Português” já não consta dos horários da Unisseixal neste ano letivo, que começou há pouco tempo. Não foi só o terrível Covid-19 que me afastou, por pertencer ao grupo de risco. Foram as minhas limitações pessoais, como consta da carta que dirigi à Direção da Unisseixal e que copio para aqui:
«Carta à Direção da Unisseixal
Venho comunicar à Direção da Unisseixal, que muito estimo e respeito, que decidi não continuar a minha tarefa de dar aulas de Português na Unisseixal.
Não é só o problema das máscaras, que por certo terão de ser usadas… O problema maior é a minha incapacidade de audição. Tenho andado a lutar contra as minhas dificuldades em acompanhar as conversas, sobretudo em ambientes de algum ruído, mas tenho de aceitar as minhas limitações. No silêncio de uma conversa privada, ainda acompanho a comunicação, mas basta haver três ou quatro pessoas em diálogo e já me escapam as palavras que oiço.
Estou a fazer 81 anos, sempre gostei de estar com os outros e, já depois de reformado, dei início com outros amigos ao projeto da Casa do Educador e da Unisseixal. Mas agora tenho de parar, pois não me sinto bem a não compreender os outros na normalidade de uma conversa.
Continuo a achar que o nosso projeto é muito válido e que vocês são ótimos continuadores do trabalho, que muito admiro, como disse atrás.
Faço votos para que os dias vos facilitem o trabalho e que este vos alegre, em satisfação pessoal.
Vamo-nos vendo por aí. Obrigado por tudo o que por mim fizestes.
Um abraço do António Henriques –   22/07/2020»
2 – Mas das nossas aulas sobrava o blogue, que desde junho não é atualizado. Uma solução era eliminá-lo. Propus isso à Profª Luísa Bernardo, responsável dos sites e blogues da Unisseixal. Ela não quer permitir isso, pois o nosso blogue continua a ser o mais visitado, com mais de 500 visualizações semanais, como podem ver nos ANEXOS. Ela quase que me obrigou a CONTINUAR, mesmo sem aulas presenciais.
Perguntei à Direção da Unisseixal se podia continuar com o blogue em conjunto com os meus ex-alunos. Entre outras coisas, disseram: «… Caro amigo e Professor António Henriques: É evidente que a Unisseixal não pode prescindir de tão prestimosa colaboração!
Vamos em frente!»
3 – Assim, venho propor a todos vós (aqueles de quem tenho o email) que continuemos a colaborar no blogue “Oficina de Português”, a falar dos momentos que vivemos, que acho nos trazem saudades, e a continuar a aprender fazendo perguntas, propondo trabalhos, escrevendo textos e cultivando as nossas relações pessoais… Faz de conta que estamos em teletrabalho! A Unisseixal continua a ser um espaço de encontro e comunicação, mesmo no meio das presentes dificuldades. E as obras da nova sede já começaram no Fogueteiro. No próximo ano letivo, teremos todos novos espaços de encontro. Sim, eu deixei de ser professor, mas espero continuar um dia a ser aluno!
4 – Espero que pelo menos alguns alunos me digam que sim, respondendo à minha proposta. Caso contrário, elimino o nosso blogue.
5 – Este meu email (adiashenriques@gmail.com) vai ser a caixa de correio de todos vós. Esqueçam a outra caixa, para não haver confusões.
Deixo dois ANEXOS sobre o blogue, para vossa consulta.
Vamo-nos mantendo em confinamento para não termos más notícias.
E deixo a todos a minha amizade e votos de vida boa!

António Henriques

Um comentário em “Carta aos ex-alunos”

  1. A partilha de algo que concebemos, é sempre portadora de uma mensagem que, convoca ao estabelecimento de laços de boa convivência , e porque não de amizade ?!
    Estamos perfeitamente de acordo e aplaudimos a iniciativa. TUDO BOM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.