DIA MUNDIAL DA LÍNGUA PORTUGUESA

Roubei a um amigo este comentário, bem a propósito deste dia. AH

Assinala-se hoje (05/05), pela primeira vez, o DIA MUNDIAL DA LÍNGUA PORTUGUESA, efeméride reconhecida oficialmente pela UNESCO.
O português é falado por mais de 260 milhões de pessoas nos cinco continentes, ou seja, 3,7% da população mundial. É a língua oficial dos nove países-membros da CPLP (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste) e Macau, bem como língua de trabalho ou oficial de um conjunto de organizações internacionais como a União Europeia, a União Africana ou o Mercosul.
Neste dia, para além dos discursos com mais ou menos pompa e circunstância, todos deveríamos fazer um esforço suplementar para escrevermos e falarmos bem a LÍNGUA que PESSOA afirmou ser a nossa PÁTRIA.
Desde os jornalistas aos meros opinadores destes espaços das novas tecnologias passando pelos políticos, escritores e comentadores de todas as espécies, todos deveriam dar exemplo de falar e escrever bom português.
Porque não é tarefa fácil, todos nós deveríamos ler os mestres da literatura e do discurso na LÍNGUA DE CAMÕES para aprendermos com eles; todos nós deveríamos escrever e falar com a gramática e um dicionário “à mão” para esclarecermos dúvidas; todos nós, mais que reler os textos antes de os publicarmos, deveríamos fazer, ou mandar fazer, uma revisão criteriosa dos mesmos para os corrigirmos. (E mesmo assim…)
Todos nós deveríamos seguir o conselho do grande IMPERADOR da LÍNGUA PORTUGUESA, Padre António VIEIRA, e “ RESUMIR TUDO ÀS PALAVRAS MAIS SIMPLES.”
NOTA: E que fazer ao (des)acordo ortográfico?

António Manuel M. Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.