Uso do Infinitivo: pessoal ou impessoal?

Vamos praticar. Qual será a expressão correcta?

1 – Hoje, vamos ao cinema para descontrair / descontrairmos.

2 – Muitos portugueses saíram à rua para saudar / saudarem o 25 de Abril.

3 – Depois de terminar / terminarem a aula, os alunos foram para casa.

4 – Pouco depois de sair / saírem da Escola, a Ana e o João despediram-se.

5 – Pouco depois de eles sair / saírem da Escola, a Ana e o Rui despediram-se.

6 – Precisamos de mais polícias para defender / defenderem as instalações.

7 – Gostei de ver o Luís e a Joana a saltar / saltarem a corda.

8 – Nós decidimos trabalhar / trabalharmos durante as férias.

9 – O juiz condenou os réus a pagar / pagarem pesadas multas.

10 – Eu resolvi levar os filhos a visitar / visitarem o Museu.

NOTA: Espero que os alunos saibam encontrar as respostas correctas e ainda descobrir as regras de bom português subjacentes a estes casos. Na aula de 26/04, trabalharemos este tema.

E não esqueçam de levar a composição sobre uma história de vida.

+++++++++++++++++               +++++++++++++++++             +++++++++++++++++

Na aula de 26/04, os alunos, com algumas dúvidas, optaram por:

RESPOSTAS CORRECTAS A VERMELHO:

1 – Hoje, vamos ao cinema para descontrair / descontrairmos.

2 – Muitos portugueses saíram à rua para saudar / saudarem o 25 de Abril.

3 – Depois de terminar / terminarem a aula, os alunos foram para casa.

4 – Pouco depois de sair / saírem da Escola, a Ana e o João despediram-se.

5 – Pouco depois de eles sair / saírem da Escola, a Ana e o Rui despediram-se.

6 – Precisamos de mais polícias para defender / defenderem as instalações.

7 – Gostei de ver o Luís e a Joana a saltar / saltarem a corda.

8 – Nós decidimos trabalhar / trabalharmos durante as férias.

9 – O juiz condenou os réus a pagar / pagarem pesadas multas.

10 – Eu resolvi levar os filhos a visitar / visitarem o Museu.

NOTA: Que regras vamos usar?

A – O sujeito da oração subordinada infinitiva é o mesmo da oração subordinante?

– É preferível usar o infinitivo impessoal.

B – O sujeito da oração principal é diferente do sujeito da oração completiva infinitiva?

– É preferível usar o infinito pessoal.

C – Na prática, nem sempre estas regras se aplicam. No caso A), quando o sujeito é o mesmo, há uma oscilação entre o infinitivo pessoal e o impessoal (Hoje, vamos ao cinema para descontrair; / Hoje, vamos ao cinema para descontrairmos.) Mas na frase 5, porque o sujeito na subordinada ((eles) está explícito, é obrigatório o uso do infinitivo pessoal.

D – Os estudiosos falam ainda de estilística, de tendências, mais do que serem estas regras absolutas. A intenção do emissor é que vale, pelo que este pode querer pôr em evidência o agente da acção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.