Infinitivo Pessoal

Do blogue “SÓ PORTUGUÊS” copiamos para aqui a informação seguinte, que é muito importante. AH

Infinitivo Pessoal

Quando se diz que um verbo está no infinitivo pessoal, isso significa que ele atribui um agente ao processo verbal, flexionando-se.

O infinitivo deve ser flexionado nos seguintes casos:

  1. Quando o sujeito da oração estiver claramente expresso; Por exemplo:

Se tu não perceberes isto…
Convém vocês irem primeiro.
O bom é sempre lembrarmos desta regra (sujeito desinencial, sujeito implícito = nós)

  1. Quando tiver sujeito diferente daquele da oração principal; Por exemplo:

O professor deu um prazo de cinco dias para os alunos estudarem bastante para a prova.
Perdoo-te por me traíres.
O hotel preparou tudo para os turistas ficarem à vontade.
O guarda fez sinal para os motoristas pararem.

  1. Quando se quiser indeterminar o sujeito (utilizado na terceira pessoa do plural); Por exemplo:

Faço isso para não me acharem inútil.
Temos de agir assim para nos promoverem.
Ela não sai sozinha à noite a fim de não falarem mal da sua conduta.

  1. Quando apresentar reciprocidade ou reflexibilidade de ação; Por exemplo:

Vi os alunos abraçarem-se alegremente.
Fizemos os adversários cumprimentarem-se com gentileza.
Mandei as meninas olharem-se no espelho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.