Este tema já foi transposto para o nosso blogue.

Realmente estas expressões têm o seu quê de dificuldade. Para estudar melhor o assunto, abram o link nas palavras porque ou por que.

E fiquemo-nos com o exercício já corrigido.

 

EXERCÍCIO (para pensar nas diversas opções, aqui já corrigidas a vermelho)

– Olha lá, por que razão faltaste à aula?

Porque faltei? Queres saber porquê? Porque estava com gripe…

– O quê? Com gripe? Mas eu vi-te na praça! Deve ser outro o porquê!…

– O motivo por que me viste é muito simples: mesmo doente, tenho de comer porque ninguém me traz a comida a casa…

Porque não me pediste? Não me falaste porquê?

– Queres saber porquê? A razão por que não te pedi foi porque te vi muito ocupada…

 

NOTA: no Brasil, usa-se mais o “por quê”, como neste situação:

Vocês não comeram tudo? Por quê? (com o significado de “por que razão?)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.